quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Bolo S. Marcos

OLÁ.....


Desde a primeira vez que vi uma foto deste bolo que eu o escrevi como um bolo a fazer... Pois bem, chegou o momento e desde já aviso que não me decepcionei com o resultado.

Superou todas as minhas espectativas, um bolo fresco, suave no paladar e divinal ao olhar.

                  Assim sendo, chegou o momento de vos apresentar o BOLO S. MARCOS.






ÍNGREDIENTES (forma 16cm largura x 10 cm altura):

O bolo é constituído por: massa de pão-de-ló
                                       - creme de natas
                                       - doce de ovos
                                       - calda de açúcar
                                       - Caramelo líquido (comprei)
  • BOLO
                    - 2 ovos
                    - 90 gr de açúcar
                    - 60 gr farinha peneirada
                    - 1 c. chá de fermento

Bata os ovos com o açúcar até ficar uma massa fofa. Peneire a farinha e o fermento e envolva cuidadosamente ao preparado anterior. Leve ao forno pré aquecido a 180ºC por apróximadamente 20 minutos.


  • RECHEIO
                          - 100 gr de leite condensado
                          - 200 gr de natas
                          - 5 folhas de gelatina incolor
                          - 1 c. de chá de baunilha líquida

Coloque as folhas de gelatina a demolhar.
Bata as natas até ao ponto chantilly, estas devem estar frescas. Acrescente-lhe o leite condensado e a baunilha. Escorra as folhas de gelatina, leve-as ao microndas até derreterem. Sem parar de mexer, verta a gelatina em fio no preparado das natas.




  • DOCE DE OVOS
                            - 1 c. de sopa de margarina
                            - 3 c. sopa de açúcar
                            - 4 c. sopa de água
                            - 4 gemas
                            - 1 c. chá de amido de milho

Leve ao lume a água, a margarina e o açúcar até a margarina derreter por completo.
Separamente desfaça as gemas sem bater e misture a farinha. Verta a calda para a gemada sem parar de mexer, com um vara de arames e por último leve ao lume novamente mexendo sempre até engrossar. Levar ao frio até arrefecer,



  • CALDA
        - 100 ml de água
        - 4 c. sopa de açúcar
        - 1 casca de laranja
        - 1 c. sopa de licor a gosto (usei whisky)


Leve a água, o açúcar, e a casca de laranja ao lume até levantar fervura. Após ferver desligue e reserve quando amornar acrescente o licor. Use esta calda para molhar a massa de pão-de-ló.



                                            CONSTRUÇÃO
Comece por fazer o pão de ló. Enquanto este arrefece prepare o doce de ovos, e leve-o ao frigorífico até arrefecer. De seguida a calda de açúcar para que esta arrefeça também. Prepare agora o creme de natas. Agora cortar o bolo em dois e colocar no fundo de uma forma de aro amovivél, regar o bolo com a calda, colocar entre as duas metades do bolo o creme de natas. Por cima da colo coloque o creme de ovos e leve ao frigorífico. Na hora de servir cubra com o caramelo líquido.                                                         



hmmmmm... quanto mais fresquinho melhor...












                   ***** BOM APETITE*****



quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Tarte de Figos


OLÁ......

Hoje tomei conhecimento de um provérbio que até á data eu desconhecia,

"Em tempo de figos, não há amigos."


Desse lado já conheciam este provérbio?

Eu achei estranho e, assim sendo fui atrás da simbologia dele. Não, não significa que as pessoas no tempo dos figos são mais falsas umas para as outras ou algo do género.

Mas sim, sendo o figo um fruto muito melindroso, que atinge a sua maturação muito rápido a sua apanha tem de ser controlada todos os dias e rápida. Não existindo muita disponibilidade para convívios com os amigos...



Uffff, ainda pensei que os figos simboliza-se os inimigos, mas não. Até se podem juntar todos para fazer a apanha dos mesmos, e assim, junta-se o útil ao agradável.


Agora um pouco mais exclarecida, partilho com todos vós a Tarte de figos que a  LILI fez, espero que gostem...







INGREDIENTES (forma 10cmx30cm):


  • Base:
                  - 200 gr de farinha
                  - 100 gr de manteiga fria
                  - 1/2 c. de chá de sal
                  - 1 gema de ovo
                  - 3 c sopa de açúcar
                  - 20 gr de leite

Junte todos os íngredientes até formar uma massa uniforme. Envolva-a em película e leve ao frigorífico por 30 minutos.



  • Recheio
                     - 80 gr de açúcar
                     - 100 gr de amêndoa moída
                     - 1 c. sopa de farinha
                     - 4 ovos
                     - 1 c. de café de baunilha líquida
                     - 1 c. chá de fermento em pó
                     - Figos q.b.

Bata os ovos com o açúcar, acrescente-lhe a baunilha. Envolva-lhe e farinha, o fermento e a amêndoa.

MONTAGEM:

Estenda a massa e forre a tarteira. Sobre a massa verta o creme e por último distribua os figos .
Leve a forno pré-aquecido a 180º por 30 minutos.

Desenforme frio. Na hora de servir polvilhe um pouco de açúcar em pó..........

                                            ............e..........



                    *****BOM APETITE*****   






P.S. Ainda aproveitei umas sobrinhas para fazer umas tarteletes de figos.